Elenco confirmado até o momento

(ordem alfabética) :

Armandinho Macêdo

Com mais de 50 anos de carreira o guitarrista, bandolinista, compositor e arranjador Armandinho, nascido na capital baiana, é conhecido a partir dos carnavais de Salvador. Filho de Osmar, criador do Trio Elétrico de Dodô e Osmar, começou a carreira bem cedo, com apenas 10 anos, em cima do Trio Elétrico. Desde então, muita coisa aconteceu. Foi ovacionado no Teatro Municipal no programa A Grande Chance, tocou para Jacob do Bandolim, conheceu João Gilberto, criou a guitarra baiana, formou o grupo A Cor do Som, foi diversas vezes premiado e apresentou-se em festivais famosos e importantes como o de Montreux, na Suíça.  leia mais

Luciana Rabello

Luciana Rabello é uma das precursoras do Choro contemporâneo. A cavaquinhista, nascida em Petrópolis (RJ), é irmã do nosso homenageado em memória, o violonista Raphael Rabello. Dedica-se ao cavaquinho desde os 14 anos, mesma idade com que ajudou a formar o grupo de choro Os Carioquinhas no Choro. Gravaram o primeiro e único disco em 1977, iniciando oficialmente sua vida profissional. Também fez parte da Camerata Carioca e participou de centenas de gravações e shows de diversos artistas no Brasil e no exterior. Em 2000, em parceria com o violonista Maurício Carrilho, nosso convidado homenageado, criou a Acari Records. leia mais

Maurício Carrilho (Músico homenageado)

Desde sua estréia profissional em 1977, no disco Os Carioquinhas no Choro, do grupo Os Carioquinhas, Mauricio Carrilho vem se dedicando à preservação e desenvolvimento da música brasileira. Sua atuação como violonista (de 6 e 7 cordas) e arranjador é há muito conhecida do público, graças a seus numerosos trabalhos ao lado de ícones como Elizeth Cardoso, Chico Buarque, Francis Hime, Paulo Cesar Pinheiro e tantos outros. Além disso, é intensa sua atuação em grupos instrumentais como a Camerata Carioca, nos anos 70, que teve como mentor ninguém menos que Radamés Gnattali, O Trio, pequena usina de grandes sons que montou , leia mais

Nicolas Krassik

Nascido em 1969 na periferia de Paris, o violinista Nicolas Krassik é um dos herdeiros da famosa tradição francesa de violinistas de Jazz. Após 15 anos estudando música erudita e jazz, e oito anos atuando na Europa ao lado de músicos como Michel Pettrucciani, Didier Lockwood, Vincent Courtois e Pierrick Hardy, Nicolas resolveu embarcar para o Rio de Janeiro, em 2001, e se dedicar à música popular brasileira. Virtuoso e criativo, o violinista rapidamente chamou a atenção da mídia, ganhou a confiança dos músicos e a admiração do público e se tornou uma referência em matéria de violino na MPB.Sem dúvida, conquistou o seu lugar no cenário musical , leia mais

Trio Julio

O TRIO JÚLIO é formado pelos irmãos Magno Júlio, na percussão e pelos gêmeos Maycon Júlio, no bandolim, e Marlon Júlio, no violão 7 cordas.
Os jovens músicos são de Cordeiro, interior do Rio de Janeiro. Começaram a estudar música ainda crianças na Escola Portátil de Música, referência mundial no ensino da linguagem do Choro, onde hoje são professores. Descobriram no Choro e no Samba instrumental talentos e propósitos. Tocam Choro e Samba respeitando as tradições e demonstrando muito virtuosismo. O trio interpreta músicas autorais e de grandes compositors, além de criar, com muita competência, arranjos   leia mais