• Facebook
  • Instagram

Marcello Gonçalves 

 

Nascido e criado no Rio de Janeiro, é integrante do Trio Madeira Brasil e tem duo com a clarinetista Anat Cohen, com quem gravou o álbum Outra Coisa, dedicado à música de Moacir Santos, nomeado ao Grammy 2018. Atuou como violonista de 7 cordas, diretor musical, arranjador e/ou produtor com os artistas: João Bosco, Ney Matogrosso, Roberta Sá e Chico Buarque. Suas gravações com o cavaquinista Henrique Cazes exploram os legados de Pixinguinha e Garoto e seu trabalho com o grupo Rabo de Lagartixa lança luz sobre a música de Heitor Villa-Lobos. Marcello assina a produção musical e a direção artística do CD YV, de Yamandu Costa e Valter Silva. Como diretor musical do documentário sobre choro Brasileirinho, Gonçalves ajudou a chamar a atenção internacional para esse gênero brasileiro. Dirigido pelo finlandês Mika Kaurismaki, o filme estreou no Festival de Berlim em 2005 e foi exibido em mais de 25 países. A colaboração do trabalho de Gonçalves junto ao cantor português António Zambujo resultou na nomeação do álbum Até Pensei que fosse minha para o Grammy Latino. Marcello Gonçalves é professor de violão de 7 cordas na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

 

Ficha técnica:

 

Marcello Gonçalves – violão de 7 cordas e arranjos

 

Repertório:

 

Cordas de aço (Cartola)

 

Coisa nº 10 (Moacir Santos)

 

Amphibious (Moacir Santos)